terça-feira, 24 de maio de 2016

NB Faroleiro Mário Seixas (H 26) / PWMX - Navio Balizador da Marinha do Brasil, atracado no cais da Mortona, CPSP


Imagens do Navio Balizador "Faroleiro Mario Seixas (H 26), Pertencente a Marinha do Brasil,  atracado no cais da Mortona, na Capitânia dos Portos do Estado de São Paulo (CPSP), em comissão hidrográfica e de manutenção na sinalização náutica, na tarde do dia 14/05/2016.


O navio é o primeiro navio na Marinha do Brasil a ostentar esse nome. É uma homenagem ao Agente de Atividades Marítimas e Fluviais Mario Seixas dos Santos, que prestou relevantes serviços na função de encarregado de vários faróis, no balizamento do Porto de Salvador e na Vigilância de Combate,  durante a Segunda Guerra Mundial.

A embarcação tem como função atuar na manutenção de boias e equipamentos de sinalização náutica em canais navegáveis em portos, baias,estuários e rios.


Construído em 1962,  em Vigo, Espanha como navio pesqueiro "Cabana". 
Adquirido por armador nacional de pesca, foi renomeado"Brasil I", operando ma costa de Pernambuco. 
Fatos:
  • 1964 Foi arrestado pelo Banco Central, em troca de uma divida, e doado a SUDEPE (Superintendência do Desenvolvimento da Pesca), em 1967, que o renomeou "Mestre Jerônimo". 
  • 1979, foi doada à Marinha do Brasil.
  • 1983 foi modernizado e passou por manutenção geral  pelo estaleiro CORENA  Metalurgia e Construções Navais S/A, em Itajaí, SC
  • Incorporado a Marinha do brasil em 31 de janeiro de 1984 



Características Técnicas:
  • Deslocamento :234 t.
  • Dimensões : 35,45 m de comprimento, 6,65 m de boca, e 2,51 m de calado máximo carregado.
  • Tripulação: 19 homens (2 oficiais)
  • Propulsão: 2 motores diesel Scania DST-14 MO3 de 354 bhp cada
  • Velocidade: 8 nós.
  • Raio de Ação: 1.400 milhas náuticas / 10 dias de mar
  • Eletricidade: 2 geradores diesel de 60 KvA.
  • 1 pau de carga com capacidade de 10 t.






Fotos: Marcelo 'MO' Lopes - 14/05/2016 - mmls10@uol.com.br
Postar um comentário