quarta-feira, 30 de novembro de 2016

NDM Bahia (G 40) / PWSA - Em primeira viagem a Santos, junto com GT da Marinha do Brasil


Esta previsto para o dia 10/12, a escala de um GT (Grupo-tarefa) da Marinha do Brasil, composto pelo NDM "Bahia" (G 40), F. "Independência" (F 44), Cv "Jaceguai" (V 31) e Cv "Barroso" (V 34).

A escala faz parte das comemorações do "Dia do Marinheiro" (13/12) , contribuindo para as comemorações em Santos da Marinha do Brasil. O GT se encontra realizando a operação Dragão XXXVII, exercícios de Assalto Anfíbio, entre os dias 28 de novembro a 16 de Dezembro no litoral do Sudeste, principalmente entre o Santos e Itaóca/ES


Destaca-se pela primeira escala a cidade do NDM (Navio Doca Mmultipropósito) "Bahia", ex TCD (Transport de Chalands de Débarquement) "Siroco (L 9012), incorporado a Marime Nationale em 1998, foi adquirido da França no segundo semestre de 2015 e incorporado a Armada em 10 de março de 2016, foi projetado para o transporte e desembarque de tropas, veículos e equipamentos de combate diretamente na área de operações.


O navio possui capacidade para carregar e descarregar, pelo mar ou pelo ar, e para operar com embarcações de desembarque em mar aberto, além do horizonte, reforçando a capacidade da Marinha  em projetar Poder Naval sobre terra, tarefa executada por meio de operações anfíbias, quando tropas de fuzileiros navais são lançadas do mar sobre uma região litorânea hostil ou potencialmente hostil.


F. Independência (F 44)      -     Cv Jaceguai (V 31)

Suas principais funções são:
  • Transportar e desembarcar pessoal e material para adestramento em operações anfíbias;
  • Transportar pessoal e material, em apoio ao emprego de força, para garantia da lei e da ordem;
  • Transportar pessoal e material em operações de Manutenção da Paz;
  • Apoiar a evacuação de brasileiros (nacionais) e de material sob responsabilidade brasileira em outros países acometidos por crises políticas ou sociais graves;
  • Conduzir e apoiar missões humanitárias;
  • Conduzir operações de apoio à defesa civil em áreas atingidas por calamidades;
  • Contribuir para o adestramento e para a formação do pessoal da MB; e
  • Realizar ações de presença e outras ações que atendam às necessidades da política externa brasileira.

Cv Barroso (V 34)

Fotos: Jean Louis Venne e Marcelo 'MO' Lopes
Postar um comentário